Você está aqui: Página Inicial > Ensino > TAI
conteúdo

TAI - Trabalho Acadêmico Integrador

por marcio.ferreira publicado 29/04/2019 14h20, última modificação 26/07/2019 16h15

Introdução

Apesar de metodologias de ensino baseadas em projetos não serem algo particularmente novo, são muito poucas as instituições que adotam esta prática de maneira ampla e efetiva. Uma das pioneiras foi a Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas), campus Coração Eucarístico, no curso de Engenharia de Energia (agradecimentos profundos e sinceros ao estimado Professor Otávio de Avelar Esteves e sua equipe). Tal foi o sucesso obtido, que serviu como inspiração para nortear a criação do curso de Engenharia Mecânica do IFMG Campus Avançado Arcos. Mesmo diante de certa resistência à proposta, assim como acontece em quaisquer situações onde exista mudança de cultura, o idealizador da ideia, Prof. Dr. Niltom Vieira Júnior, foi capaz de estruturar o curso para quando da criação do campus; a intenção foi oferecer um curso diferenciado, que se destacasse dos demais, por permitir uma formação mais completa dos alunos, abrangendo não apenas o conteúdo das disciplinas em si, mas também em relação ao amadurecimento e preparação precoce para o cada vez mais competitivo mercado de trabalho. Tal amadurecimento origina-se na necessidade de os alunos desenvolverem, em todos os semestres, projetos integradores com todas as disciplinas do período, criando, para tanto, produtos acadêmicos ou até mesmo soluções para problemas reais de indústrias existentes, defendendo-os diante de bancas examinadoras.

 Como funciona?

Durante o curso, existem 10 disciplinas denominadas TAI, ocorrendo desde o primeiro período (do TAI1 ao TAI10). Cada uma delas possui uma ênfase específica (vide PPC), direcionando a natureza do produto acadêmico a ser desenvolvido. Ao final do período, os grupos deverão apresentar os projetos às bancas examinadoras, recebendo uma nota de 0 a 100, mediante baremas específicos de avaliação. Paralelamente, em cada disciplina do período correspondente, existe uma parcela da nota (variando de 30 a 40%, a critério dos professores das disciplinas) reservada para a nota do projeto apresentado. Os TAI’s dos 2 últimos períodos, no entanto, são individuais e assumem o papel do Trabalho de Conclusão de Curso.

 Desafios

Os desafios são inúmeros, não apenas para os alunos, mas também a todos os servidores. Trabalhar com novas metodologias sempre requer mudanças de comportamento e atitudes. Da parte dos docentes, adaptar o enfoque adotado nas disciplinas, fomentar a curiosidade e autonomia dos alunos, mediar conflitos entre os grupos, gerar discussões produtivas, reservar horário adicional para atendimento aos alunos, entre outros, são os principais desafios. Por parte dos alunos, aprender a trabalhar em equipes, assumir postura profissional, apresentar trabalhos acadêmicos em público, lidar com metas e prazos, buscar conhecimento em outras disciplinas além daquelas já vistas e lidar com frustrações e conflitos, entre outros.

 Resultados

Mesmo com o pouco tempo de existência do campus e do curso, que teve início em agosto de 2016, já são nítidos os benefícios obtidos com a metodologia do TAI. Percebe-se, gradualmente, um grande amadurecimento dos alunos, elevada qualidade dos produtos acadêmicos, crescente envolvimento com a futura profissão, comprometimento com o curso e com o campus e mudança de postura em relação ao próprio dia-a-dia como cidadão. Os professores, por sua vez, vão aprendendo a se adaptar a este novo método, buscando novos conhecimentos e novas maneiras de pensar, estimulados pela crescente demanda por parte dos próprios alunos. É gratificante constatar que o esforço coletivo também traz recompensas a todos os envolvidos.

 Sistematização

Logo em 2017, foi criado o regulamento do TAI, após inúmeras reuniões e discussões entre os docentes (link para o regulamento). Este regulamento é um documento dinâmico, passando por revisões periódicas, com o intuito de manter a metodologia consistente e buscar melhorias do revisto a cada final de semestre, de modo a manter um fluxo de ideias e melhorias na metodologia. Para criação e primeiras revisões do regulamento, foi criada uma comissão específica, tendo inclusive a participação de representante discente. A metodologia TAI está presente no Projeto Pedagógico do Curso (link para o PPC), figurando como a grande diferencial do curso de engenharia mecânica do campus Arcos.

 Projetos de destaque

Desde seu início, o TAI tem estimulado os alunos a desenvolverem projetos de cada vez maior consistência. Veja abaixo os projetos que se destacaram até o momento.

Projeto de destaque 1 (em construção)

Projeto de destaque 2 (em construção)

Projeto de destaque 3 (em construção)

Projeto de destaque 4 (em construção)

Projeto de destaque 5 (em construção)

Regulamento TAI

Repositório para todos os projetos já realizados

 Eventos

A última semana de cada período letivo do curso de engenharia mecânica é dedicada às apresentações dos projetos, desde a parte escrita perante às bancas de avaliação, até os produtos técnicos criados (protótipos, maquetes, animações 3D, banners, etc).

Clique para assistir aos vídeos dos eventos

Clique para ver fotos dos eventos (em construção)

Depoimentos e opiniões

Vídeo (em construção)

 

Edição 2018

 

 OBS: o conteúdo desta página está sendo atualizado.