Você está aqui: Página Inicial > Cursos > Graduação > Superior Tecnológico em Conservação e Restauro
conteúdo

Superior Tecnológico em Conservação e Restauro

por - publicado 22/04/2016 16h41, última modificação 26/09/2019 14h52
 Restauração Turno: Noturno
Duração: 3 anos
Vagas: 36 (18 vagas SISU + 18 vagas Processo Seletivo IFMG)
Ingresso: Vestibular; transferência (interna e externa) e Obtenção de novo título.
Site do curso: 
 

Apresentação

Em atendimento às diretrizes curriculares e atento às necessidades sociais da região, o curso de Tecnologia em Conservação e Restauro do IFMG tem como objetivo assegurar a formação de profissionais tecnólogos de nível superior, com capacitação técnico-tecnológica e operacional para o cumprimento das atividades de conservação e restauro de imóveis, especialmente os de valor histórico e cultural, com visão crítica, abrangente e multidisciplinar, capazes de interagir com ampla gama de profissionais afetos às questões da construção civil, valorizando o patrimônio construído e utilizando, de forma racional, os recursos disponíveis.

 

Perfil Profissional

O tecnólogo em Conservação e Restauro é um profissional da área da construção civil, especialmente interfaceando a arquitetura e a engenharia civil, com sensibilidade para trabalhar com edificações e conjuntos urbanos cujo valor cultural perpassa a arte e a história. É dotado de critérios éticos para intervir em obras valiosas de outros autores e conhecedor das modernas técnicas de construção, bem como das utilizadas no passado.

Ele é capacitado a planejar e conduzir intervenções em edificações de interesse cultural propondo, com segurança, economia e qualidade, ações de conservação e restauração, com o emprego de tecnologias tradicionais ou modernas. Desenvolve pesquisas tecnológicas em conservação e restauração de bens culturais imóveis, integradas com as áreas de engenharia e arquitetura. Integra equipes multidisciplinares e participa de atividades de coordenação, manutenção, fiscalização, orientação, avaliação e emissão de laudos técnicos na área de conservação e restauro de imóveis. Pode também dar treinamentos aos operários para melhoria da mão de obra.

São características peculiares dos Tecnólogos em Conservação e Restauro: capacidade de observação aguçada, sensibilidade, criatividade, intuição, interesse pela história, pela cultura e pelas artes, capacidade de registro, análise, planejamento e síntese, meticulosidade e exatidão, visão espacial, habilidade manual, gosto pelo trabalho em equipe e espírito de liderança.

 

Mercado de Trabalho

Pode atuar em escritórios, construtoras, fundações, organizações não governamentais, órgãos públicos, industriais e comerciais, seja como empregado, empresário ou profissional autônomo.

Requisito

Ensino Médio Completo.

Reconhecimento do Curso

Reconhecido por meio da portaria nº 479, de 25/11/2011, publicada no DOU de 30/11/2011.

Documentos