Você está aqui: Página Inicial > Ensino > Legislação e Normas de Ensino > Momento Normativo > Momento Normativo nº06 - Programa de Residência Pedagógica
conteúdo

Momento Normativo nº06 - Programa de Residência Pedagógica

por Tatiana Toledo Ferreira publicado 13/09/2019 12h25, última modificação 13/09/2019 12h25
Para você, que é discente de curso de Licenciatura em Geografia ou Licenciatura em Física no IFMG - Campus Ouro Preto, seguem informações importantes a respeito da solicitação ao aproveitamento de Residência Pedagógica

 

O que é o Programa de Residência Pedagógica (PRP)?


O Programa de Residência Pedagógica (PRP) é uma das ações que integram a Política Nacional de Formação de Professores da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e tem por objetivo induzir o aperfeiçoamento da formação prática nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão do licenciando na escola de educação básica, a partir da segunda metade de seu curso. Essa imersão deve contemplar, entre outras atividades, regência de sala de aula e intervenção pedagógica, acompanhadas por um professor da escola com experiência na área de ensino do licenciando e orientada por um docente da sua Instituição Formadora.

A Residência Pedagógica, articulada aos demais programas da CAPES que compõem a Política Nacional, tem como premissas básicas o entendimento de que a formação de professores nos cursos de licenciatura deve assegurar aos seus egressos habilidades e competências que lhes permitam realizar um ensino de qualidade nas escolas de educação básica. 

Como foi estabelecido o vínculo em nossa instituição?

O Programa Residência Pedagógica nos cursos de licenciatura do IFMG fundamenta-se em atender ao disposto no Edital nº 06/2018 da CAPES. As instituições que participam do Programa Residência Pedagógica devem se comprometer em reconhecer a residência pedagógica para efeito de cumprimento do estágio curricular supervisionado, conforme estabelecido no item 4.3 do mesmo.

O programa é respaldado na instituição por meio do Acordo de Cooperação Técnica nº 49/2018.

Os cursos superiores de Licenciatura em Geografia e Licenciatura em Física do IFMG – Campus Ouro Preto, por meio de aprovação em seus colegiados, aderiram, no ano de 2018, ao PRP.

 

Quais são os objetivos do programa?

Os objetivos do PRP são:

a)      aperfeiçoar a formação dos discentes de cursos de licenciatura, por meio do desenvolvimento de projetos que fortaleçam o campo da prática e conduzam o licenciando a exercitar de forma ativa a relação entre teoria e prática profissional docente, utilizando coleta de dados e diagnóstico sobre o ensino e a aprendizagem escolar, entre outras didáticas e metodologias;

b)      induzir a reformulação da formação prática nos cursos de licenciatura, tendo por base a experiência da residência pedagógica;

c)      fortalecer, ampliar e consolidar a relação entre a IES e a escola, promovendo sinergia entre a entidade que forma e a que recebe o egresso da licenciatura e estimulando o protagonismo das redes de ensino na formação de professores;

d)     promover a adequação dos currículos e propostas pedagógicas dos cursos de formação inicial de professores da educação básica às orientações da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

 

Como o estudante de licenciatura pode solicitar o aproveitamento em nosso Campus?

No âmbito do IFMG - Campus Ouro Preto, as solicitações de aproveitamento da Residência Pedagógica como carga horária de estágio supervisionado nas licenciaturas devem ser realizadas presencialmente pelo discente contemplado/envolvido na Diretoria de Ensino, através de requerimento de Aproveitamento de Conhecimento e Experiências Anteriores (ACEA) com comprovação anexa, no início de cada semestre letivo, conforme previsto em calendário acadêmico. O fluxograma abaixo demostra como poderá ocorrer a solicitação até o registro de seu aproveitamento no histórico escolar, quando o requerimento for deferido:

 

Quais as disciplinas envolvidas e equivalências atribuídas oriundas do PRP?

As disciplinas envolvidas são as de Estágio Supervisionado das Licenciaturas (I, II, III, IV), observando as equivalências previstas na tabela abaixo:

 

Disciplinas de estágio/ Fases

Residência (equivalência)

Estágio I - Observação

Ambientação completa (60 horas) + 40 horas de observação em sala na etapa de Imersão na escola Campo.

Estágio II - Co-participação

Mínimo de 140 horas cumpridas na etapa de imersão, com comprovantes de atividades de co-participação.

Estágio III - Regência I

Mínimo de 240 horas cumpridas na etapa de imersão, com comprovantes de atividades de regência.

Estágio IV - Regência II

Cumprir toda a residência pedagógica, com entrega de relatório final.

 

A equivalência será válida tanto para a matriz curricular atual quanto para as de anos anteriores a 2018 dos cursos superiores de Licenciatura do campus.

Os estudantes participantes do PRP poderão solicitar ACEA para as disciplinas relacionadas mediante carga horária das fases realizadas na Residência, que deverão ser comprovadas por declaração do coordenador do PRP.

O recomendável é que o discente solicite o aproveitamento à cada semestre (proporcional à cada disciplina) para que não haja acúmulo de solicitações. Porém, se a solicitação for realizada em um mesmo semestre letivo para todas as disciplinas possíveis, o procedimento também será válido.

Observações importantes:

- O estudante que não cumprir a carga horária equivalente ao estabelecido na tabela não será contemplado com o ACEA para as disciplinas devidas de estágio curricular supervisionado.

- Nos casos em que o estudante tenha se matriculado na disciplina de estágio e a tenha abandonado, ou tenha sido reprovado, a realização da carga horária integral do PRP não o dispensará da referida disciplina de estágio curricular supervisionado das Licenciaturas. Neste caso, o estudante deverá realizar tanto o PRP quanto a cursar com aprovação a disciplina pendente (vide normas para ACEA no Regulamento de ensino dos cursos de graduação do IFMG).

A banca para avaliação da ACEA relacionado deverá será composta:

a)      por um representante do colegiado do curso;

b)      pelo coordenador do Programa de Residência Pedagógica (PRP) no curso;

c)      por um representante da Área de Educação (responsável pela oferta das disciplinas de estágio supervisionado nos cursos de licenciatura).

Quando houver, se for o caso, renovação do Programa de Residência Pedagógica vigente ou novo edital para o Programa de Residência Pedagógica, as normas poderão sofrer alteração.

 

Para quaisquer dúvidas em relação ao programa acesse https://www.capes.gov.br/educacao-basica/programa-residencia-pedagogica ou entre em contato com o coordenador do programa em seu curso.