Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Licenciaturas do Campus Ouro Preto recebem quatro estrelas do Guia do Estudante
conteúdo

Notícias

Licenciaturas do Campus Ouro Preto recebem quatro estrelas do Guia do Estudante

publicado: 21/12/2018 12h49, última modificação: 07/01/2019 12h16

O Instituto Federal de Minas Gerais - Campus Ouro Preto teve um bom motivo para comemorar no fim de ano de 2018. Os cursos superiores de Licenciatura em Física e em Geografia conquistaram quatro estrelas no Guia do Estudante Profissões Vestibular (Editora Abril), que vai às bancas em 2019, sendo avaliados como “muito bons” pela publicação - considerada referência para futuros ingressantes - e reflete a boa imagem do Instituto perante a comunidade acadêmica nacional.

O Guia do estudante (GE) avalia os melhores cursos a partir de uma pesquisa de opinião feita com uma equipe de “parceiristas” composta por coordenadores de cursos, diretores de departamentos e professores universitários. Na avaliação, são levados em conta aspectos como a capacitação do corpo docente, infraestrutura, projeto didático- pedagógico, produção científica e inserção dos alunos no mercado de trabalho. A partir desta análise, os cursos recebem conceitos que vão de uma a cinco estrelas, sendo publicados no GE Profissões Vestibular as graduações que receberam três estrelas ou mais. Os cursos de Física e Geografia do Campus Ouro Preto receberam conceito 4 (muito bom) na edição 2019.

Consolidação

Quem tem motivos em dobro para comemorar é o coordenador do curso de Licenciatura em Geografia, Ramon Coelho Duarte. A boa avaliação é um presente especial para o curso, que no ano de 2018 comemora o aniversário de 10 anos. Segundo Duarte,  a avaliação “enobrece o trabalhos dos docentes, professores que o fundaram, dos que colaboraram dentre estes 10 anos deixando aqui também sua marca, seja como efetivos, substitutos ou professores visitantes, e claro: traz a mão dada dos discentes, dos egressos. Sem eles, não efetivaria tal sucesso”.

Para o coordenador, as quatro estrelas consolidam o bom trabalho que os IF’s vem fazendo no âmbito das licenciaturas no estado de Minas Gerais, o que coloca o Campus em posição de igualdade com graduações de Universidades Federais conceituadas e com anos de tradição na oferta dessa modalidade, como a PUC-Minas e a UEMG, por exemplo. Ele diz que, com a avaliação, “os futuros alunos terão ainda mais orgulho ao ingressarem no curso”, evidenciando que a classificação demonstra, além da qualidade, a maturidade do graduação e sua boa imagem perante a comunidade acadêmica.

Assim como Duarte, o coordenador do curso de Licenciatura em Física do Campus, Edio da Costa Júnior, afirma que a avaliação positiva coloca o curso em uma posição de destaque no cenário nacional, “no mesmo nível de alguns cursos muito mais antigos de universidades federais grandes e consagradas nacionalmente”. Júnior acrescenta que a boa classificação é resultado de uma reformulação no projeto pedagógico para se adaptar às novas Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior, propostas pelo Conselho Nacional de Educação em 2015, mudanças que, segundo o coordenador, deixaram o curso mais atraente e mais efetivo.

Júnior reforça a importância do GE como um meio para alcançar uma maior visibilidade para o Instituto, uma vez que muitas pessoas consultam os guias para decidir a instituição de ensino superior que em pretendem estudar. Segundo ele, “uma publicação positiva em um veículo nacional como o GE poderá ser útil inclusive para a captação de alunos que residem mais distantes de Ouro Preto e que tenham pouco ou nenhum contato com o IFMG”, completa.

Motivos para comemorar

Ana Carolina de Lima Matos e Rafaela Duarte Guimarães Kassis, alunas do curso de Física e Geografia, respectivamente, receberam com entusiasmo e satisfação a notícia de que seus cursos foram estrelados pelo GE. Ana Carolina, que  participa do Projeto de Extensão Inserção de Física Experimental na Rede Estadual de Ensino,  afirma que, além da importância para os futuros ingressantes, a publicação é interessante para que os próprios alunos da graduação conheçam mais a respeito do curso em que estão. Com orgulho, ela diz que o curso de Licenciatura em Física do Campus Ouro Preto “possui um grande diferencial. Diferencial este, que prepara ótimos professores para o mercado de trabalho”.

Rafaela, assim como Ana Carolina, destaca o sentimento de felicidade ao ver sua graduação receber um reconhecimento, merecido, na sua opinião, de um meio de comunicação deste calibre. “Fiquei muito orgulhosa ao saber da classificação do meu curso. Sei que o curso ofertado no Campus não é fácil e precisa de dedicação para alcançar um bom desempenho acadêmico, por isso é mais do que merecido.” A discente, engajada nas atividades do curso de Geografia, participa do projeto de pesquisa Desenvolvimento e produção de material didático em formato digital/audiovisual: uma aplicação no ensino de geografia do IFMG, trabalho que possibilitou a criação do canal no YouTube ESPACO - IFMG - OP.

 

Texto: Raíssa Lessa