Você está aqui: Página Inicial > Cursos > Técnico > Técnico em Informática (S)
conteúdo

Técnico em Informática (S)

por alessander.thomaz publicado 22/04/2016 16h41, última modificação 14/06/2018 15h04
 Informática   Turno: Noturno
Duração: 2 anos
Vagas40 por processo seletivo
Ingresso: Processo seletivo, transferência (interna e externa),  Obtenção de novo título.
 

Apresentação

O Curso Técnico em Informática, subsequente, insere-se em uma perspectiva de ensino voltada para a formação de estudantes e cidadãos de uma sociedade em pleno desenvolvimento tecnológico. Portanto, trata-se de um curso que segue as determinações da Lei nº 9.394/96, em sua seção IV-A, a qual se refere à organização da educação profissional técnica de Nível Médio, incluindo as modificações, considerações e demais determinações presentes na Lei nº 11.741 de 2008.
A Resolução CNE/CEB nº 6/2012, a qual define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio, reforça a importância de um projeto de curso pautado pelo entendimento de que as várias dimensões do ensino precisam interagir, integrando “conhecimentos, saberes e competências profissionais necessários ao exercício profissional e da cidadania, com base nos fundamentos científico-tecnológicos, sóciohistóricos e culturais” (Art. 5º). A criação do Curso Técnico em Informática, na modalidade subsequente ao ensino médio, no IFMG Câmpus Avançado Ponte Nova, foi assinada pelo Professor Caio Mário Bueno Silva, Presidente do Conselho Superior do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais. Considerando como referência o escopo legislativo que fundamenta os cursos técnicos, acredita-se que o Curso técnico em informática, subsequente, cumpre com a prerrogativa social dos institutos federais que consiste na oferta de ensino público, gratuito e de qualidade para os cidadãos brasileiros.
 

Objetivos

 O objetivo geral do curso é formar profissionais criativos e críticos, com competências técnicas que lhe possibilitem atuar nas diferentes áreas da informática, especialmente no desenvolvimento e manutenção de sistemas computacionais.
Os técnicos de nível médio em Informática serão aptos a:
• (Re)inserir de forma social, cultural, econômica, política e laboral adolescentes e jovens, mais especificamente em trabalhos voltados para área de informática;
• Conscientizar o aluno do processo de construção das relações homem–mundo presentes no tripé ciência–tecnologia–sociedade, na evolução histórico transformadora do conhecimento científico e tecnológico, especialmente sobre a evolução tecnológica da informática;
• Construir alternativas de renda e trabalho no mercado de tecnologia da informação ampliando as possibilidades dos egressos, transformando-os empreendedores;
• Conceber, especificar, projetar, implementar, avaliar, e dar suporte e manutenção em sistemas e em tecnologias de processamento e transmissão de dados e informações;
• Criar e administrar banco de dados de organizações e
• Trabalhar com software, aspectos organizacionais e humanos, visando as aplicações na produção de bens, serviços e conhecimentos.

Perfil Profissional

Segundo o Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos, o Técnico em Informática é aquele profissional que desenvolve programas de computador, seguindo as especificações e paradigmas da lógica de programação e das linguagens de programação; utiliza ambientes de desenvolvimento de sistemas, sistemas operacionais e banco de dados; realiza testes de programas de computador, mantendo registros que possibilitem análises e refinamento dos resultados; e executa manutenção de programas de computadores implantados.
O Técnico em Informática terá atuação de acordo com as normas e órgãos de classe profissionais; e poderá atuar, de acordo com a Classificação Brasileira de Ocupação (CBO), na família “Técnico de desenvolvimento de sistemas e aplicações” (CBO 3171).
 

Mercado de Trabalho

O técnico de Informática trabalha com a manutenção de computadores, layout de sites da Internet, tecnologia da comunicação, e do processamento de dados de uma empresa. Sendo esta, uma área em constante modernização, seu campo de atuação se soma com a chegada de novos softwares, serviços e sistemas, porque a Informática vem alcançando praticamente todas as áreas de atuação, sendo elas do setor privado (indústrias, empresas, comércio) setores públicos (hospitais, instituições de ensino público e demais órgãos) além das Organizações Não-Governamentais – ONGs.
 

Informações Gerais

Denominação do curso: Curso Técnico Subsequente em Informática
Ato Legal: Lei nº 9.394/96; Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio e para a Educação Profissional de Nível Técnico; nos Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio; nos Referenciais Curriculares Nacionais da Educação Profissional; nosDecretos nº 5.154/2004, nas Resoluções nº 01/2005 e nº 6/2012.
Nível: Técnico
Forma de oferta: Noturno
Status da Oferta: Regular
Modalidade: Educação Presencial
Tempo de integralização: Mínimo: 2 anos / Máximo: 4 anos
Carga horária total do curso: 1.203 horas
Título após a conclusão do cursoTécnico(a) em Informática 
Duração do curso: 2 anos
Processo Seletivo: Anual
Número de vagas oferecidas : 40
Turno de Oferta: Noturno
Dias letivos: Aulas de segunda a sexta-feira, mas o sábado poderá ser utilizado conforme necessidade do curso ou caso seja estabelecido no Calendário Escolar da Instituição.
Horário19:00 as 22:30
Público Alvo: Concluintes do Ensino Médio

Documentos

 

Coordenação

Coordenador: Luciano Vilas Boas Espiridião
E-mail: coordinf.pontenova@ifmg.edu.br
Telefone:  +55 (31) 3881-2630
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1239322525003005