Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Ponte Nova inaugura laboratório de Física e Robótica
conteúdo

Acontece nos Campi

Campus Ponte Nova inaugura laboratório de Física e Robótica

Novo espaço promete atender demandas de alunos do IFMG e da comunidade
publicado: 24/05/2019 17h29, última modificação: 24/05/2019 17h29

O Campus Ponte Nova conta, desde o dia 8 de maio, com o novo laboratório de Física e Robótica. A expectativa é que o espaço auxilie os docentes nas práticas curriculares, promova uma experiência mais interativa aos alunos e moradores de Ponte Nova, além de qualificar o processo de aprendizagem dos estudantes.

Segundo o professor de informática do campus, Edson Batista de Sena, é sempre gratificante falar a respeito desse projeto. Para o docente, o espaço possui uma importante função no processo educacional. “O laboratório pode agregar bastante na formação dos estudantes. Isso porque o novo ambiente permite que a criatividade e a inovação aflorem nas diversas atividades a serem desenvolvidas nas aulas práticas”, pontua Edson.

O professor destaca ainda a importância do espaço para a comunidade do entorno do Campus Ponte Nova. “O laboratório pode contribuir, e muito, com as atividades de pesquisa e extensão. Principalmente porque possibilita, à comunidade, o conhecimento e o contato com novas tecnologias, com as quais essas pessoas ainda não possuíam relação”.

Extensão

O laboratório já recebeu aulas do projeto de extensão intitulado “Robótica Educacional do Campus para a Comunidade”. A primeira aula do projeto ocorreu no último dia 22 e foi direcionada à comunidade interna do Instituto. Além disso, uma segunda atividade do projeto ocorreu logo em seguida, em 23 de maio. Essa última direcionada aos alunos da Escola Estadual Bias Fortes.

Em conversa com o professor, os alunos reforçaram a necessidade da inserção da tecnologia no processo de ensino. Na visão deles, a tecnologia ganha cada vez mais espaço no mercado de trabalho e a robótica se apresenta como um acréscimo ao estudo da informática. Por isso, segundo o docente, os alunos encontram-se motivados e entusiasmados com as possibilidades de novas experiências que o laboratório pode proporcionar.