Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudantes do Campus Valadares participam de oficina do projeto Educação Política
conteúdo

Notícias

Estudantes do Campus Valadares participam de oficina do projeto Educação Política

publicado: 25/10/2019 16h59, última modificação: 25/10/2019 16h59

Quando você pensa na palavra política o que vem à sua mente? Conhece as atribuições dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário? Qual o salário do prefeito da sua cidade? Cada vereador tem direito a quantos assessores? Quantos deputados federais e senadores foram eleitos para representar Minas Gerais? Sabe como é definido o Orçamento Público e qual sua importância? Conhece a Lei de Acesso à Informação?

Essas foram algumas indagações lançadas a estudantes do ensino médio durante a oficina do projeto de Extensão “Educação Política”, idealizado e coordenado pelo professor Flávio José de Assis Barony, do Campus Governador Valadares. “Não temos a pretensão com o projeto e a cartilha que produzimos de esgotar o assunto, mas despertar nos estudantes o interesse pelo tema para que possam compreender o contexto político de uma forma mais técnica, sem qualquer viés partidário. De maneira que tenham embasamento para acompanhar de forma crítica as questões políticas da sua cidade, estado, país”, explica o docente.

As oficinas, realizadas em dois momentos na manhã do dia 2 de outubro, tiveram a participação de estudantes do 1º ano do curso Técnico em Meio Ambiente (TMA) do Campus e também do 1º, 2º e 3º ano da E. E. Abílio Rodrigues Patto, localizada no Bairro Esperança. Os adolescentes testaram seus conhecimentos sobre o tema por meio de um quiz que integra a cartilha do projeto.

A estudante Gabriely de Souza Nascimento, de 14 anos, ressaltou a relevância de discutir o assunto na sala de aula. “Essa é uma iniciativa que deveria ser mais adotada, pois o cidadão tem uma parcela de responsabilidade em relação à política. Em um futuro breve vamos ser eleitores e precisamos aprender sobre educação política para saber votar bem, porque elegeremos representantes que irão tomar decisões por nós”.

Quem também gostou do projeto foi Isaac Neves de Souza, 16 anos, aluno do 2º ano da E. Abílio Patto. “Muitos falam que não se discute política, ainda mais na escola e tal, mas é sim uma coisa importante, porque a política vai dizer o nosso futuro. Eu mesmo não tinha conhecimento de várias perguntas do questionário. Política não é só o voto em si. É pesquisar, saber se o candidato que votamos vai cumprir o que se propôs... tem que acompanhar diariamente o que ele tem feito, através dos sites e outros canais nos dão acesso a essas informações”.  

O projeto

A cartilha do projeto é dividida em três partes. A primeira traz conhecimentos básicos sobre política, referência de documentos legais, sites e outras plataformas para aprender sobre democracia, fundamentos da República, orçamento público, entre outros. A segunda parte, intitulada “Aprendendo a questionar as promessas de um candidato”, aborda as limitações legais que impedem a execução de determinadas propostas feitas pelos candidatos durante a campanha, e também tipos de projetos que representantes do poder executivo e legislativo podem ou não propor.

A terceira e última parte da cartilha traz o Formulário de Autoavaliação com 20 questões para que o leitor possa conferir o nível do seu conhecimento sobre questões políticas. Na sequência, apresenta dicas de cursos online gratuitos e certificados para que os leitores possam aprofundar sobre o tema, além de sites para acompanhamento dos gastos públicos dos parlamentares e outros níveis do poder.

Confira imagens da oficina.

Fonte: Campus Governador Valadares