Você está aqui: Página Inicial > Notícias > EaD poderá ser adotada para enriquecer currículo de cursos presenciais
conteúdo

Notícias

EaD poderá ser adotada para enriquecer currículo de cursos presenciais

Instrução Normativa editada pela Pró-reitoria de Ensino tem a proposta de modernizar e pluralizar o currículo de cursos técnicos e superiores, deixando os professores com mais opções para atuação acadêmica.
publicado: 28/05/2019 11h24, última modificação: 31/05/2019 14h14

A partir da publicação da Instrução Normativa nº 05/2019, no dia 27 de maio, o IFMG dá um passo fundamental para ampliar sua oferta de Educação a Distância (EaD). Com a proposta de enriquecer, modernizar e pluralizar o currículo de cursos técnicos e superiores, o documento estabelece diretrizes para disciplinas serem cursadas em ambiente virtual ou, no caso do ensino de nível técnico, atividades não presenciais serem realizadas. De acordo com o professor Carlos Bernardes Rosa, pró-reitor de Ensino, a nova regulamentação permite que até 20% da grade curricular dos cursos seja na modalidade EaD, respeitando e complementando a legislação existente.

“Trabalhamos intensamente a minuta dentro do Comitê de Ensino, que pôde dar suas contribuições ao longo do mês de fevereiro, por meio de um fórum virtual. Paralelo a isso, temos investido em infraestrutura e feito um planejamento para implementar as ações que irão viabilizar a Educação a Distância”, afirma Bernardes.

Pela Instrução Normativa aprovada, a oferta das atividades não presenciais e de disciplinas com metodologia a distância só poderá ser iniciada após alteração dos Projetos Pedagógicos dos Cursos (PPC’s). Para isso, o campus deverá seguir o fluxo instituído no documento. Primeiramente, apresentar uma proposição e/ou alteração do PPC, a ser encaminhada à Pró-reitoria de Ensino (Proen). Num segundo momento, aguardar a análise do material, que possivelmente seguirá para aprovação. A oferta de EaD será, então, incluída no período letivo subsequente à aprovação, de forma que as condições básicas de preparação sejam reunidas pelo campus.

A nova normativa atende à Portaria do Ministério da Educação nº 1428, de 28 de dezembro de 2018, e à Resolução do Conselho Nacional de Educação nº 6, de 22 de setembro de 2012. Entre as vantagens dessa oferta, está a democratização e a padronização dos conteúdos, uma vez que as disciplinas poderão ser ofertadas simultaneamente a estudantes de cursos diferentes no mesmo campus ou até mesmo em campi diferentes, já que está prevista o oferecimento institucional sob a gestão da Proen.

Oferta de novas disciplinas

No IFMG, a política de estruturação da EAD contempla ações para viabilizar a inclusão dos 20% na grade curricular. De acordo com a diretora de Legislação e Normas, Delaine Oliveira, a partir do segundo semestre, já haverá um catálogo de disciplinas que incluirá, inicialmente, três opções. Por meio do edital de professor conteudista, lançado em dezembro de 2018, foram selecionados profissionais que vão trabalhar na elaboração de conteúdo para as disciplinas de Libras/Educação Inclusiva, Inovação e Empreendedorismo, e Metodologia Científica. O que for produzido será disponibilizado no portal AVA e incluído nos currículos dos cursos que aderirem à normativa.

Além disso, para a produção de vídeos, foram adquiridos, com o orçamento da Reitoria, equipamentos e estrutura para a montagem de quatro estúdios de gravação destinados aos projetos de Educação a Distância. Um dos estúdios, instalado na Reitoria, já está em funcionamento. Os demais foram destinados aos campi. Com a montagem dos espaços, os professores poderão estruturar aulas e gravar conteúdo que será destinado às disciplinas ou atividades não presenciais. “É importante frisar que, mesmo aderindo aos 20% de metodologia EaD, o calendário letivo permanecerá com 200 dias letivos. A normativa irá ampliar as possibilidades de diversificar o currículo, deixando os professores com mais opções para atuação acadêmica”, complementa Carlos Bernardes.

Clique para acessar a IN 05/2019.

Leias mais:

Conselho Superior aprova Política de Educação a Distância do IFMG