Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Vai Planeta: veja só o que os participantes disseram
conteúdo

Notícias

Vai Planeta: veja só o que os participantes disseram

Alunos, professores e familiares relatam como o Planeta Inovação contribuiu para suas vidas acadêmica e pessoal
publicado: 22/08/2019 08h27, última modificação: 22/08/2019 14h11

O Planeta Inovação pode ter chegado ao fim, mas suas contribuições estão longe de acabar! O evento sediado pelo Campus Ribeirão das Neves, entre os dias 12 e 14 de agosto, promoveu discussões relacionadas a empreendedorismo, internacionalização e qualidade de ensino que ainda reverberam na vida acadêmica de alunos e professores. 

Confira alguns depoimentos que colhemos ao longo do II Planeta Inovação:  

Maria Luíza Guimarães, estudante Campus Congonhas - intercambista do programa Internacionaliza IFMG: "Considero muito positivo poder compartilhar minha experiência aqui no Planeta Inovação. Quem assiste consegue saber como é, mesmo não tendo estado lá (em Portugal). É um país diferente, uma cultura diferente. Então, é uma oportunidade de aprender não apenas sobre nossos projetos de pesquisa, mas sobretudo o que nós mesmos vivemos e aprendemos fora". [O projeto de pesquisa de Maria Luíza é sobre fabricação de células solares e ela pretende dar sequência a esses estudos, que considera socialmente relevantes.]

Vitória Amaral Silva, estudante Campus Ribeirão de Neves - Projeto 'Reconstruindo a imagem de Neves': "O projeto é muito importante pois nossa cidade é reconhecida pelos preconceitos.  Temos a oportunidade de fazer a diferença e mostrar a verdadeira história de como o município começou por meio das escrituras que encontramos ou pelos  moradores. O principal ponto é levar esse conhecimento para as pessoas”.

 

DSC_0583.JPGProf. Carlos Ramos, Instituto Politécnico do Porto (IPP), Portugal: “Nós vimos aqui algumas apresentações de alunos que estiveram em Portugal e que nos mostraram casos concretos de protótipos muito próximos dessa lógica da aplicabilidade. Muitos ligados a empresas e outros ligados a ideias inovadoras que têm potencial  e dão origem a startups e spin-offs. A realidade mostra que o ensino superior e mesmo o não superior (técnico) dos institutos federais é de elevada qualidade”.

 

Jorge da Rocha Pinho, estudante Campus  Ipatinga - Projeto 'Modelando funções de 1º grau com logomarcas conhecidas': " Nosso projeto traça uma ferramenta tecnológica para ensinar função de 1º grau para alunos do 1º ano do ensino médio utilizando logomarcas. Participar do Planeta demonstra que recebemos a bolsa e estamos fazendo algo, e não ganhando dinheiro sem fazer nada. Isso agrega muito na parte da oratória, pois na hora de apresentar o TCC ou um trabalho acadêmico, a gente consegue desenvolver mais com o público. Apesar de ter aulas sobre isso, desenvolvemos melhor na prática”. 

 

Marli, mãe do aluno Gabriel Miranda, estudante Campus Sabará, intercambista do Internacionaliza IFMG, sobre a participação dele no programa:   “Meu filho voltou uma pessoa muito melhor do que já era, foi um crescimento em todos os sentidos. Ele está aí de volta, já com projetos, com oportunidades, portas que já se abriram e vão se abrir a partir dessa experiência. Foi uma oportunidade muito boa que valeu a pena, foi muito gratificante”. 

 

 Confira mais depoimentos no vídeo abaixo:

Viu? Já estamos ansiosos para a próxima edição, e lembre-se, em 2020 pode ser você a conversar com a gente!