Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Suap: IFMG adota sistema aberto para administração de seus processos internos
conteúdo

Notícias

Suap: IFMG adota sistema aberto para administração de seus processos internos

publicado: 29/05/2018 11h23, última modificação: 08/06/2018 14h04

O IFMG lançou, em 24 de maio, o projeto de implantação do Suap (Sistema Unificado de Administração Pública). Em breve, esse será o sistema integrado oficial da Instituição. Desenvolvido pelo Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), o Suap é um sistema aberto e gratuito que possui, entre outros, os seguintes módulos: Administrativo, Gestão de Pessoas, Ensino, Pesquisa e Extensão, além de diversas possibilidades de desenvolvimento. O lançamento ocorreu durante o Fórum de Tecnologia da Informação (TI) que reuniu em Santa Luzia representantes de TI de vários campi.

A escolha do Suap teve como base aspectos como o fato de se tratar de uma ferramenta de código aberto – ou seja, é possível realizar adequações e criar novos módulos sem gerar pagamentos extras ao desenvolvedor – e pela “aderência” aos processos do IFMG, já que se trata de um sistema desenvolvido por outro Instituto Federal com estrutura similar. Outras vantagens também foram aprontadas pelo diretor de TI do IFMG, Luiz Henrique Pereira, a exemplo da integração com sistemas já bastante utilizados por servidores e alunos, como Moodle, Sigepe, Plataforma Lattes. 

A escolha do Suap baseou-se em aspectos como o fato de se tratar de uma ferramenta de código aberto e pela “aderência” aos processos do IFMG, já que se trata de um sistema desenvolvido por outro Instituto Federal com estrutura similar

De acordo com o diretor de Desenvolvimento Institucional, Paulo Leão, o Suap é hoje a opção usada por 21 das 41 instituições da Rede Federal, o que atesta, por si, a eficiência da ferramenta. “Os 20 institutos que não o utilizam se dividem entre três outros sistemas, principalmente. Ou seja, o Suap é o sistema predominante na Rede, além de estar sendo adotado por outros órgãos de peso, como Tribunais de Contas e Polícia Militar de alguns estados”, relata.

Da Rede, para a Rede
Durante o lançamento do Suap, Luiz Henrique explicou, brevemente, o histórico da questão. De acordo com o diretor de TI, havia críticas dos usuários ao sistema anteriormente implantado – Conecta – por não atender plenamente às particularidades do IFMG. Em função disso, com o fim do contrato relativo à implantação dessa ferramenta, o Instituto buscou outras possibilidades.

A substituição foi fruto de um longo debate, que passou pela reunião de pró-reitores, com encaminhamento para o Colégio de Dirigentes e ponderações do Comitê de TI. Ao final, houve o consenso, em todas essas instâncias, de que o mais viável seria adotar o Suap, já que se trata de uma ferramenta que foi desenvolvida pela Rede Federal e para a Rede Federal, com apoio do Ministério da Educação (MEC). 

Segundo Luiz Henrique, a implantação se dará por módulos, substituindo, gradativamente, o Conecta. A primeira etapa terá como foco o módulo Gestão de Pessoas. “Os dados dos servidores já foram todos importados do Sigepe e isso é um passo muito importante para abastecer todos os outros módulos”, comemora Paulo Leão.

Uma área foi criada no portal do IFMG para que os usuários possam acompanhar, passo a passo, a implantação do Suap. Acesse e saiba mais.