Você está aqui: Página Inicial > Pesquisa > Projetos > Outubro de 2016 a Julho de 2017 > Ciências Humanas > Desempenho dos alunos do Instituto Federal de Minas Gerais – campus Ouro Preto em genética: há dificuldades de aprendizado?
conteúdo

Desempenho dos alunos do Instituto Federal de Minas Gerais – campus Ouro Preto em genética: há dificuldades de aprendizado?

por Alessander Thomaz publicado 08/01/2018 15h16, última modificação 08/01/2018 15h16

Genética é uma ciência que está em constante desenvolvimento. Atualmente, se apresenta como uma ferramenta biotecnológica fundamental, sendo a base do desenvolvimento de projetos ambiciosos, como o Projeto Genoma, a clonagem terapêutica e o desenvolvimento de organismos geneticamente modificados, dentre outros. Geralmente, suas aplicações biotecnológicas envolvem questões éticas, sobre as quais toda a sociedade deve debater. A despeito de toda a sua importância, a genética é uma área da Biologia considerada de difícil aprendizado. Diversos estudos demonstraram que os estudantes têm dificuldades na assimilação de seus conceitos, e procuraram elucidar os principais aspectos dessa disciplina que dificultam sua aprendizagem. Dentre os fatores levantados por estes trabalhos, destacam-se a abstração de seus conceitos, o envolvimento de cálculos matemáticos, o pensamento complexo necessário para sua compreensão, a falta de sequência entre Genética e outros tópicos da Biologia que lhe servem de base, entre outros. Considerando que a escola ainda é o principal cenário onde os alunos têm acesso à educação científica, bem como a importância da Genética e as dificuldades descritas em seu aprendizado, este projeto tem por objetivo avaliar se os alunos do Instituto Federal de Minas Gerais, Campus Ouro Preto possuem dificuldades no aprendizado desta área da Biologia. Para tanto, será realizado em estudo descritivo das notas obtidas pelos estudantes dos cursos técnicos integrados do IFMG-OP, nos anos de 2015 e 2016. Serão calculados os valores percentuais das notas de cada bimestre, para que o desempenho dos estudantes em cada grande eixo da Biologia estudado no terceiro ano seja comparado. Serão também identificadas metodologias que auxiliaram no aprendizado de Genética. A partir dos dados obtidos, serão desenvolvidos novos estudos, a fim de identificar as principais dificuldades dos estudantes e, também, propor estratégias para superá-las.