Você está aqui: Página Inicial > Pesquisa > Projetos > Outubro de 2016 a Julho de 2017 > Ciências Humanas > Desenvolvimento profissional docente nos Institutos Federais: estudo exploratório
conteúdo

Desenvolvimento profissional docente nos Institutos Federais: estudo exploratório

por Alessander Thomaz publicado 08/01/2018 15h17, última modificação 08/01/2018 15h18

Atualmente no Brasil existem trinta oito Institutos Federais (IFs), instituições que se estruturaram a partir a expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Lei 11.892/08). Nesse contexto, os antigos Centros Federais de Educação Tecnológica (CEFETs) e Escolas Técnicas tiveram reestruturações significativas, que acarretaram novas configurações para o ensino nessas instituições. Essa expansão demandou a contratação um número expressivo de novos professores e sua inserção nessa realidade apresenta diferentes demandas. A docência nessas instituições apresenta particularidades em decorrência do perfil dos docentes, no ensino das disciplinas técnicas e no ensino superior, pois embora possuam ampla formação em sua área específica de conhecimentos em nível de pós-graduação, um número significativo de professores não possui formação para o magistério. Esse fato coloca para essas instituições a necessidade de desenvolver projetos de formação continuada de docentes que abordem as singularidades do processo de ensino, tendo por base os desafios enfrentados pelos professores no período do início na docência e durante a trajetória profissional. Sendo assim, programas e/ou projetos de desenvolvimento profissional docente, por meio de atividades de formação continuada, tem sido apontados como alternativas para que as instituições possam minimizar esses problemas. Nesse contexto, o objetivo geral desta pesquisa é identificar e analisar os estudos e pesquisas sobre desenvolvimento profissional de professores, bem como levantar e analisar projetos ou ações de formação voltadas para o desenvolvimento profissional docente nos Institutos Federais de Minas Gerais. A pesquisa será realizada por meio de pesquisa bibliográfica e documental. A análise dos dados será feita por meio da Análise de Conteúdo (TRIVINÕS, 1995). Os resultados desta investigação podem contribuir para o desenvolvimento e/ou aprimoramento de programas de desenvolvimento profissional de docentes dos Institutos Federais.

Grande Área: Ciências Humanas

Orientador: Geralda Aparecida de Carvalho Pena

Co-orientador: Célia Maria Fernandes Nunes