Você está aqui: Página Inicial > Institucional > Campus Congonhas
conteúdo

Campus Congonhas

por Daniel Oliveira publicado 25/07/2017 16h03, última modificação 25/07/2017 17h29

Inauguração da UNED Congonhas com o então presidente da República, Luiz Inácio Lula da SilvaA educação profissional como responsabilidade do Estado, no Brasil, teve início no governo de Nilo Peçanha, em 1909, com as escolas de artes e ofícios, precursoras das escolas técnicas federais, que se transformaram nos Centros Federais de Educação Tecnológica (CEFET’s) e, hoje integram os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IF). Nesta primeira fase, as escolas de artes e ofícios formavam operários e contra-mestres através de um ensino eminentemente prático e fundado em conteúdos técnicos elementares, com a finalidade de formar uma mão-de-obra pouco qualificada, mas apta a exercer trabalhos manuais e mecânicos em diversas áreas da economia.

Posteriormente, em pleno Estado Novo, a constituição de 1937 abre caminho para a criação dos Liceus Industriais, que incorporariam cursos de variados níveis de formação profissional. 

Em 1942, ainda no governo Vargas, o Decreto Lei 4.073 amplia a oferta de formação técnico-profissional no Brasil, para atender às demandas da incipiente industrialização do país, ocorrida a partir dos anos 30. Os Liceus passam então a se chamar Escolas Técnicas Industriais e os cursos agregam ao ensino técnico um considerável nível de formação científica e propedêutica.

Em 1944 é instalada oficialmente a Escola Técnica Federal de Ouro Preto, com o curso técnico de metalurgia, anexa à Escola de Minas, na Praça Tiradentes, em Ouro Preto, onde funcionou até 1964. Em 1959 a ETFOP é elevada à condição de Autarquia Federal, com autonomia didática, financeira e administrativa. 

Em 1964, a ETFOP é transferida para as instalações do 10 Batalhão de Caçadores do Exército Brasileiro, que havia sido desativado e situava-se nas encostas do morro do cruzeiro, em Ouro Preto. Isso fez com que a escola ganhasse uma identidade própria e novos horizontes de desenvolvimento.Finalmente, a ETFOP torna-se Centro Federal de Educação Tecnológica de Ouro Preto, CEFET Ouro Preto, em 2002, tornando-se apta a oferecer cursos superiores de tecnologia.

Em 2006 é fundada a primeira Unidade de Ensino Descentralizada – UNED – em Congonhas, ampliando a área de influência da escola, bem como o número de discentes e de cursos oferecidos. Essa unidade iniciou suas atividades em uma escola municipal e, a partir de 2007, funciona em prédio próprio.

No final do ano de 2008, o presidente da república promulgou a Lei 11.892 que dá origem ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG). Nesse novo modelo, enquadra o CEFET em um novo patamar do ensino profissional e amplia ainda mais a área de influência da Escola e suas responsabilidades institucionais, com a possibilidade da oferta de novos cursos, incluindo licenciaturas e engenharias, bem como cursos de mestrado e doutorado.

 

O IFMG Campus Congonhas oferece os seguintes cursos:


Nível Técnico Integrado:

Edificações
Mecânica
Mineração

Nível Técnico Subsequente:

Edificações
Mecânica
Mineração

Nível Superior:

Licenciatura em Física
Engenharia de Produção
Engenharia Mecânica