Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Aluno do Campus Valadares é convidado para participar da Olimpíada Brasileira de Matemática
conteúdo

Notícias

Aluno do Campus Valadares é convidado para participar da Olimpíada Brasileira de Matemática

publicado: 22/11/2019 16h31, última modificação: 22/11/2019 16h31

O estudante Rafhael Freitas Cupertino, do 1º ano do curso técnico em Segurança do Trabalho Campus Governador Valadares, foi convidado a participar do nível 3 da 41ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM). A prova foi aplicada no Campus Timóteo do CEFET-MG, nos dias 11 e 12 de novembro. 

Em todo o Brasil, incluindo os participantes dos níveis 1, 2 e 3, foram 900 alunos convidados para a competição, sendo 120 de Minas Gerais. Governador Valadares teve apenas dois representantes, sendo Rafhael um deles. Pelo regulamento, participam desta fase os 300 alunos, de cada nível, com maior pontuação na Segunda Fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) 2019, oriundos da correção regional. 

prova teve questões discursivas, com três problemas em cada dia e duração de 4h30 por dia. Rafhael declara ter ficado animado com o convite e mais ainda com o desafio. “A prova da OBM é diferenciada, porque aborda, de maneira bem elaborada e com profundidade, temas que não são muito usuais na escola. Por exemplo, em questões de geometria, além de ter um bom conhecimento de matemática elementar, você precisa também ter muita criatividade”. 

Desde a notificação do convite pela organização da OBM até a data da prova, o estudante conta que teve pouco mais de uma semana para se preparar. A estratégia adotada por ele foi resolver questões de provas das edições anteriores da competição, tirando dúvidas pontuais com os professores. 

Rafhael comenta ainda a contribuição de atividades como essa na formação acadêmica e também as oportunidades valiosas que podem surgir com a obtenção de bons resultados nesse tipo de competição. “Participar de olimpíada é excelente! Você desenvolve seus conhecimentos, fica mais acostumado com um tipo de questão mais elaborada do que se vê na escola e nos próprios vestibulares, e ainda no futuro pode expandir mais, pois tem universidades renomadas, como a USP e Unicamp, que oferecem vagas para ingresso de medalhistas, sem precisar fazer a prova do vestibular. E isso poupa um pouco do esforço de estudo mais à frente, no 3º ano”, analisa. 

A publicação das notas individuais da prova da OBM está prevista para o dia 17 de dezembro. Já o resultado dos estudantes premiados será divulgado no dia 20/12.

Saiba mais sobre a OBM
A Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) é uma competição para os estudantes dos Ensinos Fundamental (a partir do 6º ano), Médio e Universitário das instituições públicas e privadas de todo o Brasil. É uma realização conjunta do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

Entre os objetivos da Olimpíada estão: contribuir com o ensino de Matemática no Brasil, descobrir jovens com talento matemático excepcional e colocá-los em contato com matemáticos profissionais e instituições de pesquisa de alto nível, selecionar e treinar estudantes que representação o Brasil em competições internacionais da área.