Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Governador Valadares reinicia aulas de forma remota
conteúdo

Acontece nos Campi

Campus Governador Valadares reinicia aulas de forma remota

Conselho Acadêmico aprovou retorno das atividades letivas na modalidade não presencial a partir de 1º de junho. Levantamento e reuniões junto aos docentes e representantes estudantis, além de legislações e pareceres de entidades educacionais, embasaram decisão.
publicado: 02/06/2020 11h28, última modificação: 02/06/2020 11h28

O Conselho Acadêmico do IFMG – Campus Governador Valadares aprovou, por nove votos a dois, a retomada das atividades letivas para todos os cursos da instituição a partir do dia 1º de junho de 2020. A reunião aconteceu, por webconferência, no dia 25 de maio, com a participação de representantes dos servidores docentes, servidores técnicos-administrativos e corpo discente.

As aulas, suspensas desde 18 de março, foram retomadas na modalidade não presencial, sendo mediadas pelas Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), preferencialmente pela plataforma Moodle, com possibilidade de utilização de outros recursos tecnológicos no período de adaptação. 

Para a decisão, o Conselho Acadêmico considerou os levantamentos e reuniões online realizados pela Diretoria de Desenvolvimento Educacional do campus junto aos docentes (consultados por grupos e por área acadêmica) e às representações estudantis. E também a legislação vigente para a pandemia emitida pelo Ministério da Educação/MEC (Medida Provisória N° 934 de 01 de abril de 2020 e Portaria Nº 473 de 12 de maio de 2020) e pelo IFMG (IN 02 de 20 de março de 2020 e Portaria Nº 358 de 17 de março de 2020), além de parecer do Conselho Nacional de Educação (Parecer CNE-CP Nº 5, de 28 de abril de 2020). 

Outros informes e orientações mais específicas serão repassados à comunidade acadêmica pelos canais oficiais do Campus Governador Valadares. A revisão do calendário acadêmico 2020, suspenso por tempo indeterminado no dia 25 de março, está sendo discutida pelos gestores da área de Ensino e será pauta do Conselho Acadêmico nas próximas semanas.