Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudantes do IFMG recebem premiações em olimpíada de matemática
conteúdo

Notícias

Estudantes do IFMG recebem premiações em olimpíada de matemática

Alunos dos campi Governador Valadares e Ponte Nova foram premiados por desempenho na Olimpíada Canguru de Matemática, competição mundial na área.
publicado: 07/08/2020 15h47, última modificação: 07/08/2020 15h47
Exibir carrossel de imagens João Victor Ferreira, aluno do Campus Ponte Nova, foi premiado com medalha de prata

João Victor Ferreira, aluno do Campus Ponte Nova, foi premiado com medalha de prata

A matemática pode representar um desafio para muita gente. Porém, para cinco alunos do IFMG esse desafio tornou-se uma paixão, que rendeu frutos na 12ª Olimpíada Canguru de Matemática. Rafhael, André e Giovanni, alunos do Campus Governador Valadares, e Maria Vitória e João Victor, de Ponte Nova, receberam premiações diversas na edição de 2020 da competição internacional. 

No total, 25 alunos do ensino médio do Instituto participaram da atividade, que promoveu com uma prova online, em 23 de junho, que contou com questões de diferentes níveis de dificuldade. Os estudantes tiveram duas horas disponíveis para resolução da avaliação de forma individual, sem consulta ou calculadoras. 

A correção da prova ficou a cargo da equipe geral da Olimpíada e foi adotado um critério cruzado, de forma que cada escola teve, pelo menos, 10% dos estudantes premiados. Não foi realizada uma classificação geral, mas sim entre os alunos de cada escola. 

Sensações dos estudantes 

No Campus Governador Valadares, o projeto "Treinamento para as Olimpíadas de Matemática", coordenado pelos professores Ana Cantoni, Bruno Bragança e Deise Borel, auxilia alunos na preparação para competições como a Canguru. Os estudantes premiados da unidade aprovaram a ideia. "Deixo meu agradecimento aos professores Bruno, Ana e Deise, pelo ‘auxílio 24 horas’, pelo incentivo e oportunidade de realização da Olimpíada", ressalta André Pereira, aluno do segundo ano do curso técnico integrado em Segurança do Trabalho e medalhista de bronze. 

Além de compartilharem o agradecimento de André, Rafhael Cupertino e Giovanni Gireli, alunos da unidade que receberam, respectivamente, medalha de ouro e menção honrosa na competição, destacam a sensação de alegria em transformar o apreço pela matemática em reconhecimento. "É gratificante ter meu gosto e dedicação pela Matemática sendo refletidos nessa conquista", afirma Rafhael. 

Em Ponte Nova, o sentimento não é diferente. Maria Victória Pereira, aluna do curso técnico integrado em Administração, que recebeu menção honrosa, destaca a alegria por receber a premiação e ressalta que a paixão pela disciplina é antiga. "É muito satisfatório ver que o esforço é recompensado com essas premiações. Sempre gostei muito de Matemática e das exatas como um todo, tanto que é a área de atuação que quero seguir". 

Para João Victor Ferreira, estudante que recebeu medalha de prata na competição, o resultado foi uma surpresa e a conquista representa um esforço coletivo. "O mérito não é somente meu. Quero agradecer à minha professora, Keyla Rodrigues, aos meus pais e à minha irmã, que me apoiaram e incentivaram a participar da competição", acrescenta. 

Mais sobre a Olimpíada Canguru

A competição, considerada a maior do mundo na área da Matemática, contando com 6 milhões de alunos inscritos por ano, é destinada a estudantes do terceiro ano do ensino fundamental ao terceiro ano do ensino médio de todo o mundo. A competição teve origem na França e é administrada globalmente pela associação Canguru sem Fronteiras. 

No Brasil, a Olimpíada Canguru é realizada desde 2009.

Acesse o site da Olimpíada Canguru de Matemática e saiba mais!