Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Evento 'Avançando pelo Brasil' encerra compartilhando experiências exitosas nos campi avançados
conteúdo

Notícias

Evento 'Avançando pelo Brasil' encerra compartilhando experiências exitosas nos campi avançados

I Encontro dos campi Avançados da Rede Federal de Educação, Ciência e Tecnologia intitulado “Avançando pelo Brasil” aconteceu entre os dias 14 e 16 de Julho de 2021.
publicado: 19/07/2021 13h35, última modificação: 19/07/2021 17h33

Durante três dias, dirigentes e servidores dos campi avançados dos Institutos Federais do país estiveram online compartilhando práticas administrativas, pedagógicas, científicas e extensionistas de sucesso nas regiões onde estão localizados durante o evento “Avançando pelo Brasil”. A cerimônia online de encerramento aconteceu na última sexta-feira, 16 de julho, com a participação do secretário de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), Tomás Dias Sant´Ana, do reitor do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Cícero Nicácio, do reitor do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG), Kléber Gonçalves Glória e do diretor do IFMG Campus Avançado Ipatinga, Alex de Andrade Fernandes.

Idealizado pelos diretores de campi avançados, o evento contou com a participação e apoio de reitores, pró-reitores e do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF) por meio da Câmara e do Fórum de Desenvolvimento Institucional.

O pioneirismo do evento e sua capilaridade foram alguns dos pontos destacados pelo reitor do Instituto Federal da Paraíba, Cícero Nicácio. Segundo ele, a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica possui 85 unidades avançadas no Brasil e a proposta é que o evento seja institucionalizado nos próximos anos.

Para o reitor do IFMG, Kléber Gonçalves Glória, o evento superou as expectativas e já há planos para que ele seja realizado anualmente ou a cada dois anos. “A participação de todo o país na submissão dos trabalhos e a qualidade deles mostrou a robustez do evento. Iremos encaminhar ao Conif a proposta de realizá-lo juntamente com o Reditec”, disse o reitor.

Um dos idealizadores do evento, o diretor do Campus Avançado Ipatinga, Alex de Andrade Fernandes, ressaltou a importância e o impacto que os campi avançados têm na vida de tantos estudantes no país. “Os desafios são muitos e eles existem, mas juntos estamos resolvendo e superando as diversidades. Nossa realização é ter o estudante integrado nas atividades de ensino, pesquisa e extensão e, acompanhar o crescimento e a superação do Campus frente aos problemas orçamentários”, falou o diretor.

CONFIRA A CARTA FINAL - AVANÇANDO PELO BRASIL

As experiências exitosas nos campi avançados do Brasil

Foram mais de 900 participantes inscritos e 57 trabalhos submetidos como cases de sucesso nas áreas de Gestão e Administração, Ensino, Pesquisa, Inovação e Extensão. Os resumos serão publicados brevemente em um e-book do evento. O IFMG esteve representado nos eixos temáticos Gestão e Administração; Pesquisa, Inovação e Extensão pelos campi avançado Ponte Nova, Ipatinga e Itabirito.

A experiência do Campus Avançado Ponte Nova na ressocialização de presos do regime semiaberto resultou no trabalho intitulado “Uma nova chance: a utilização de mão de obra prisional para ressocialização e prestação de serviço no IFMG campus avançado Ponte Nova” e foi apresentado pelo diretor do Campus, Leonardo de Paiva Barbosa no eixo Gestão e Administração.

“A prefeitura de Ponte Nova cedeu um espaço para que o campus iniciasse suas atividades. Porém, o local não era totalmente adequado e também não dispúnhamos de orçamento para arcar a mão de obra dos serviços. Foi quando em 2016 surgiu a ideia de firmar parceria com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP) para dar oportunidade de trabalho aos internos do complexo penitenciário que estavam no regime semiaberto. A comunidade abraçou a ideia e nosso colaborador ainda tem garantida alimentação, uniforme e banho no final do dia”, ressaltando que o Campus economizou aproximadamente R$400 mil em mão de obra e os internos a cada três dias trabalhados, um dia da pena é abatido.

Além de atuar no serviço de manutenção do Campus, os colaboradores ainda participaram na construção de passarelas, do bicicletário, da horta e também atuam no reflorestamento da área no entorno. O êxito do projeto do Campus Avançado Ponte Nova foi reconhecido pelo Ministério da Justiça e recebeu o Selo Nacional de Responsabilidade Social pelo Trabalho no Sistema Prisional, o Selo Resgata, que certifica ações que proporcionam uma nova chance às pessoas privadas de liberdade.

No eixo Gestão e Administração, o diretor do Campus Avançado Ipatinga, Alex de Andrade Fernandes apresentou o case “Desafios e possibilidades de organização de um Campus Avançado” explanando sobre as dificuldades encontradas na gestão de uma unidade avançada na região do Vale do Rio Doce e maneiras de superá-las com a formalização de parcerias institucionais tanto políticas quanto privadas.

O Campus Avançado Itabirito apresentou o trabalho “O Circuito Regional de Feiras de Ciências do Campus Avançado Itabirito”, um projeto de extensão que já realizou quatro edições entre os anos de 2016 a 2019. Segundo o coordenador do projeto, Bruno Fonseca Gonçalves, o Circuito Regional de Feira de Ciências é um projeto de extensão que envolve escolas da região de Itabirito, Amarantina e Cachoeiro do Campo, incentivando a promoção de Feiras de Ciências nas escolas. Segundo ele, ao longo das quatro edições, 45 Feiras de Ciências foram realizadas na região e muitos estudantes que participaram do projeto, posteriormente ingressaram no Campus nos cursos técnicos integrados.

As apresentações completas podem ser acessadas nos links abaixo:

Assista às apresentações das experiências exitosas - Eixo Gestão e Administração

Assista às apresentações das experiências exitosas - Eixo Ensino

Assista às apresentações das experiências exitosas - Eixo Pesquisa, Inovação e Extensão