Você está aqui: Página Inicial > Notícias > MEC anuncia criação de novos campi do IFMG
conteúdo

Notícias

MEC anuncia criação de novos campi do IFMG

Anúncio foi feito em evento com a presença de ministros de estado e do presidente da República, em Belo Horizonte
publicado: 08/02/2024 20h58, última modificação: 08/02/2024 20h58
Foto: Luís Fortes / MEC

Foto: Luís Fortes / MEC

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Educação, Camilo Santana, anunciaram, na manhã desta quinta-feira, 8/02, em Belo Horizonte, a implantação de novos campi do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG), inicialmente, nas cidades de Belo Horizonte, Bom Despacho, Caratinga, João Monlevade e Sete Lagoas.

O anúncio ocorreu durante a apresentação do Balanço de Ações e Investimentos do Governo Federal em Minas Gerais, no Minascentro. Além das unidades acima, serão criados campi de Institutos Federais em Itajubá, Minas Novas e São João Nepomuceno. Ao todo, serão oito novos campi, em um investimento de R$ 200 milhões. Além disso, serão investidos R$ 29 milhões na infraestrutura dos já existentes, com a construção de 17 novos restaurantes estudantis e a reforma de outros dois.

De acordo com reitor do IFMG, Rafael Bastos, que esteve presente ao evento, o comunicado da ampliação das unidades dos Institutos Federais faz parte da nova fase da expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (RFEPCT) proposta pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal, e as cidades selecionadas foram definidas pela Casa Civil. “Com este anúncio que nos foi feito hoje, o IFMG terá novos caminhos para percorrer, sempre de forma coesa, coerente e propositiva”, avalia.

O dirigente acrescenta, ainda, que a expansão não deverá tirar o foco em relação à consolidação das estruturas já existentes. “Vamos estar atentos e espero que, em breve, tenhamos a modificação da tipologia dos campi avançados, novos códigos de vagas de servidores para as atuais e futuras unidades, bem como a valorização da carreira de docentes e técnicos-administrativos, para que possamos ofertar um ensino de qualidade nas diversas regiões onde o IFMG se faz presente”, afirma.

Os próximos passos se darão na condução de reuniões junto a Secretaria de Educação Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC) para os ajustes necessários à implantação das novas unidades.

Institutos Federais - Criados em 2008, pela Lei 11.892, os Institutos Federais adotam um modelo de ensino articulado com as demandas da sociedade e do mercado de trabalho, alinhando os projetos de ensino, pesquisa e extensão aos arranjos produtivos locais e às necessidades das comunidades. Existe, ainda, o incentivo à prática esportiva, à participação em competições e em eventos acadêmicos, inclusive intercâmbio. Além disso, os alunos em situação de vulnerabilidade social podem contar com o apoio das políticas de assistência estudantil.

IFMG - Atualmente, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais oferta cerca de 5 mil vagas anuais, em 162 cursos de nível técnico, graduação e pós-graduação. A comunidade acadêmica é composta por 22 mil alunos, nos 18 campi.

Atuais unidades do IFMG
Campi: Arcos, Bambuí, Betim, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Formiga, Governador Valadares, Ibirité, Ipatinga, Itabirito, Ouro Branco, Ouro Preto, Piumhi, Ponte Nova, Ribeirão das Neves, Sabará, Santa Luzia, São João Evangelista.
1 Polo de Inovação, em Formiga
1 Reitoria, em Belo Horizonte

Leia mais:

MEC investirá R$ 1,3 bi na educação de Minas Gerais

registrado em: ,