Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Polo IFMG assina terceiro contrato do ano e atinge meta da Embrapii para 2024
conteúdo

Notícias

Polo IFMG assina terceiro contrato do ano e atinge meta da Embrapii para 2024

Projeto fechado com a empresa Prodoeste leva o nome de “Sistema Inteligente de Cadastro e Análise de Crédito Comercial”.
publicado: 09/02/2024 10h29, última modificação: 09/02/2024 10h30

O Polo de Inovação IFMG firmou parceria com a empresa Prodoeste, que é referência nos setores de transporte e agronegócio no país, e, com isso, já conseguiu atingir a meta da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que prevê a assinatura de pelo menos três contratos por ano. A assinatura do contrato ocorreu no dia 6 de fevereiro, por meio do SEI (Sistema Eletrônico de Informações).

O projeto que será desenvolvido com a Prodoeste recebeu o nome de “Sistema Inteligente de Cadastro e Análise de Crédito Comercial”. O objetivo é desenvolver um protótipo em ambiente relevante que leva em consideração o modelo de processo definido especificamente para o problema a ser resolvido e implementar técnicas avançadas de Inteligência Artificial no software a ser criado.

Com duração de 13 meses, o valor do projeto é de R$ 376.225,00. Ele será desenvolvido por cinco pesquisadores: Bruno Ferreira (coordenador); Miguel Rivera Peres Junior; Washington Santos Da Silva, Efrem Ferreira, que são do Campus Formiga, e Carlos Alberto Severiano Junior, do Campos Sabará. Haverá também a participação de cinco alunos. É o 20º projeto assinado pelo Polo, que é credenciado pela Embrapii para atuar em “Mobilidade e Sistemas Inteligentes”. 

Prodoeste - A Prodoeste é uma rede que oferece produtos e serviços ao trabalhador da estrada e ao homem do campo. As áreas de negócios abrangem: revenda de caminhões, ônibus, utilitários, tratores e implementos agrícolas; assistência técnica e serviços Comercialização de pneus; recapagem de pneus; e postos de Serviços de combustíveis e lubrificantes. A empresa está presente no interior de Minas Gerais, nas regiões do Triangulo Mineiro, Alto Paranaíba, Sul e Centro-Oeste do Estado, e ainda em São Paulo.

Modelo de negócios Embrapii

O modelo de negócios Embrapii permite agilidade e flexibilidade aos projetos de inovação. O custeio dos contratos funciona da seguinte forma: um terço dos recursos é feito com financiamento não reembolsável pela Embrapii e os outros dois terços são divididos entre o Polo de Inovação e a empresa parceira. O montante total do projeto também pode ser dividido em quatro partes com o auxílio de instituições financiadoras como o Sebrae.

Pesquisadores

 

Fonte: Comunicação Polo de Inovação