Você está aqui: Página Inicial > Notícias > “Garota Reparo” é certificada como Tecnologia Social pela Fundação BB
conteúdo

Notícias

“Garota Reparo” é certificada como Tecnologia Social pela Fundação BB

Fruto de projeto de extensão do Campus, a iniciativa se junta a outras 58 que ganharam reconhecimento nacional e passa a compor a Rede de Tecnologias Sociais da Fundação Banco do Brasil
publicado: 29/07/2021 14h45, última modificação: 29/07/2021 15h18

“As Aventuras da Garota Reparo”, projeto que conta histórias de uma heroína adolescente comprometida em discutir os problemas da cidade e buscar soluções para torná-la melhor para se viver, ganhou destaque na 11ª edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2021 - categoria “Educação para o Futuro".

A iniciativa foi uma das 59 certificadas nacionalmente como Tecnologia Social pela FBB e passa a integrar a rede Transforma. O prêmio é concedido a metodologias reconhecidas como soluções capazes de causar impacto positivo e efetivo na vida da comunidade local, podendo ser replicada em outras localidades do país.

Tudo começou...

A Garota Reparo surgiu em 2018 durante oficinas do projeto "Um por todos e todos por um: nosso papel na produção da cidade", realizado pelo IFMG - Campus Governador Valadares sob a coordenação da professora Cristiana Maria de Oliveira Guimarães. A personagem foi apresentada aos alunos da Escola Municipal Ivo de Tassis, localizada no bairro Turmalina. A partir daí os estudantes criaram desenhos e histórias em quadrinhos envolvendo a heroína, produção que gerou um gibi (ainda em fase de revisão). Veja como foi o lançamento!

Para aguçar ainda mais o olhar das crianças sobre o local onde vivem e que a escola se situa, foi realizado um tour pelas ruas e praças do bairro Turmalina. A tarefa era localizar pontos positivos e negativos do espaço urbano e marcá-los com adesivos de “certo” e “errado”. Oficina Garota Reparo

“Com as histórias da Garota Reparo queremos levar a todos, em especial às crianças e aos adolescentes, ideias sobre a importância da nossa participação na produção das cidades. Queremos fazer o público refletir sobre nossos direitos e deveres para, assim, desvelar caminhos para outras possibilidades de habitar as cidades. Novas formas, mais críticas e participativas, que busquem o acesso ampliado à cidadania”, explica Cristiana.

A coordenadora comemora o bom resultado e ressalta o significado da certificação. “Estamos muito orgulhosos de ver nossa ação ser chancelada por uma entidade como a Fundação Banco do Brasil. Isso porque demonstra que conseguimos produzir resultados socialmente relevantes no território onde o IFMG-GV atua e também porque agora o projeto ganha visibilidade nacional e renova seu potencial de ser replicado por outras instituições Brasil afora”.

Acompanhe as aventuras da Garota Reparo

Garota Reparo A protagonista adolescente ganhou um perfil no Instagram que traz conteúdos e reflexões sobre o direito à cidade, mobilidade urbana, políticas públicas, acessibilidade, além de dicas de consumo consciente, indicação de filmes, eventos e muito mais. Para acompanhar as publicações, basta seguir o perfil: @asaventurasdagarotareparo.

Confira um vídeo sobre a Garota Reparo em nosso canal no YouTube.

----
O projeto de extensão da Garota Reparo foi viabilizado com fomento financeiro do Edital nº 74/2017 da Pró-reitoria de Extensão do IFMG.