conteúdo

EaD pública

publicado 16/04/2021 13h37, última modificação 24/09/2021 14h12

A EaD pública no Brasil teve historicamente uma importante indução do governo federal por meio de políticas para o setor, na forma de programas de fomento à modalidade. O IFMG integra o rol de instituições públicas credenciadas para oferta desses programas federais de Educação a Distância, como a Universidade Aberta do Brasil (UAB) e a Rede e-Tec Brasil. 

 

 

A Rede e-Tec é um programa do Ministério da Educação vinculado a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC/MEC) que visa a expansão da Educação Profissional no país por meio da modalidade a distância. 

Sua finalidade é democratizar a oferta de cursos técnicos de nível médio, especialmente no interior do Brasil, com o objetivo de promover a capacitação profissional inicial e continuada de jovens e adultos. O IFMG é credenciado pelo MEC, desde de 2009. Para mais informações acesse: http://portal.mec.gov.br/rede-e-tec-brasil

Já o Sistema UAB foi instituído em 2006, para "o desenvolvimento da modalidade de educação a distância, com a finalidade de expandir e interiorizar a oferta de cursos e programas de educação superior no País". Fomenta a modalidade de educação a distância nas instituições públicas, bem como apoia pesquisas em metodologias inovadoras. Além disso, o sistema incentiva a colaboração entre a União e os entes federativos, estimulando a criação de centros de formação permanentes por meio dos polos de apoio presenciais locais. O IFMG se integrou à UAB em 2017. Para mais informações acesse: https://www.capes.gov.br/uab
A UNIREDE – Associação Universidade em Rede (https://www.aunirede.org.br/portal/) é uma entidade criada em 1999 “com o objetivo principal de democratizar o acesso à educação de qualidade por meio da oferta de cursos a distância nos níveis de graduação, pós-graduação e extensão, sob a forma de ensino regular gratuito e educação continuada”.  
Desde o período de sua criação, a associação tem se dedicado a congregar as instituições públicas, representadas pelas Universidades e Institutos Federais na tarefa não só de ofertar EaD de qualidade, mas de contribuir com o debate sobre a EaD pública. 

A UNIREDE conta com eventos anuais de natureza regional , nacional e internacional como o ESUD – Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância (https://esud2020.ciar.ufg.br/). 

A entidade também mantém publicação periódica no campo de estudos e pesquisas de Educação a Distância, por meio da Revista Em Rede (https://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/about).
A UNIREDE ainda organiza o Referatório de Objetos de Aprendizagem da EaD pública brasileira (https://www.aunirede.org.br/portal/referatorio-de-objetos-de-aprendizagem-da-ead-publica-brasileira/ ).  

 
Na Rede Federal de Educação Profissional Científica e Tecnológica (RFEPCT) a EaD também tem se consolidado nos últimos anos, nos mais diversos níveis e modalidades. De forma concreta, esse esforço pelo crescimento da modalidade pode ser exemplificado pelo avanço da discussão e do debate sobre EaD no âmbito do CONIF - Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.
O CONIF, por meio do Grupo de Trabalho de Institucionalização da Educação a Distância (GT EaD CONIF)  tem desenvolvido de forma mais efetiva, desde 2016, alguns estudos, pesquisas e discussões visando oferecer diretrizes para as instituições da RFEPCT em todo o país. Os debates contribuíram para o oferecimento de caminhos que pudessem orientar os institutos federais e demais estabelecimentos da rede, na tarefa de ofertar seus próprios cursos na modalidade, de maneira a ampliar as políticas de EaD dessas instituições para além dos programas governamentais de fomento. 

Assim, em 2020, o CONIF reuniu e publicou um material com as “Diretrizes para a Educação a Distância da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica” em três módulos separados, contemplando tanto a trajetória da EaD no âmbito do CONIF – módulo histórico, assim como dois módulos envolvendo os planos estrutural e legal para organização e oferta da EaD na rede federal.  Acesse os módulos publicados pelo CONIF por meio dos endereços:

​Repositórios de recursos para EaD

 

referatório da UNIREDE – Associação Universidade em Rede – associação que congrega as instituições públicas de ensino na finalidade de promover o desenvolvimento da Educação a Distância no país, reúne e organiza o acesso aos vários repositórios contendo recursos digitais com o objetivo de divulgá-los. O referetório da UNIREDE pode ser acessado pelo endereço: https://www.aunirede.org.br/portal/referatorio-de-objetos-de-aprendizagem-da-ead-publica-brasileira/  

 

PROEDU é um repositório online que reúne um acervo de recursos educacionais para a Educação Profissional e Tecnológica, particularmente, no atendimento às demandas do Programa Rede e-Tec Brasil. O repositório é vinculado à SETEC/MEC e o endereço para acesso é: http://proedu.rnp.br/   
eduCAPES é um portal de objetos educacionais abertos que engloba em seu acervo textos, livros didáticos, artigos de pesquisa, teses, dissertações, videoaulas, áudios, imagens outros materiais que estejam licenciados de maneira aberta, publicados com autorização do autor ou domínio público. O acesso pode ser feito pelo endereço: https://educapes.capes.gov.br/ 

 

O Banco Internacional de Objetos Educacionais é um repositório criado em 2008 pelo MEC em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia, Rede Latinoamericana de Portais Educacionais - RELPE, Organização dos Estados Ibero-americanos. O banco tem o propósito de compartilhar recursos educacionais digitais de livre acesso e em diferentes formatos (áudio, vídeo, animação, etc). Para acessar, visite o endereço: http://objetoseducacionais.mec.gov.br/#/inicio